Número total de visualizações de página

segunda-feira, 2 de julho de 2012

OS HOSPITAIS MEDIEVAIS DE LISBOA - Hospital de Santo Eutrópio e Santa Bárbara

Em 21 de Agosto de 1308, o bispo do Algarve D. João Soares Alão instituiu a capela de Santo Eutrópio na paróquia de São Bartolomeu, situada quase defronte da Igreja do mesmo nome[1], na freguesia de S. Bartolomeu (posteriormente denominada freguesia de Santiago). À capela anexou um hospital que acolhia 4 pobres dos dois sexos nas casas que o bispo possuía no Largo dos Lóios[2].

- Hospital de Santa Bárbara: em 1343, é citado no testamento de Maria Esteves; existe a dúvida se seria o hospital designado de Santo Eutrópio e de Santa Bárbara.[3]


[1] Júlio de Castilho, Lisboa Antiga – Bairros Orientais, 2ª ed., vol. XI, Câmara Municipal de Lisboa, 1938, p. 61
[2] Fernando da Silva Correia, Os Velhos Hospitais da Lisboa Antiga, Revista Municipal nº 10, Câmara Municipal de Lisboa, 1941, p. 11
Carlos Guardado da Silva, Lisboa Medieval – a organização a e estruturação do espaço urbano, Lisboa, Edições Colibri, 2008, p. 244
[3] Fernando da Silva Correia, Os Velhos Hospitais da Lisboa Antiga, Revista Municipal nº 10, Câmara Municipal de Lisboa, 1941, p. 11

Sem comentários:

Enviar um comentário